Entre os dias 07 e 10 de dezembro de 2015 iniciou-se as atividades ligadas à Educação Alimentar e Nutricional do Projeto Buracica Sustentável e Solidária. No intuito de mobilizar as agricultoras e agricultores para oficinas previstas para o início de 2016, foram realizadas rodas de conversa em todas as 08 comunidades do Projeto. Esse primeiro encontro foi uma estratégia de reconhecimento das comunidades pela Nutricionista Veranúbia Mascarenhas. Leia mais

 

 

Nos dias 30/11 e 1º/12 realizamos mais um encontro do Projeto Buracica Sustentável e Solidária, promovido pelo ELO Ligação e Organização, com o patrocínio da Petrobras. Um total de 16 representantes das comunidades que integram o projeto, se juntaram à equipe ELO, bem como representantes da Petrobras para avaliar as atividades realizadas em 2015 e planejar as ações previstas para o 1º semestres de 2016. Leia mais 

 

 

intercâmbio projeto buracica

O Projeto Buracica Sustentável e Solidária realizou, entre os dias 06 e 09 de julho, o 1º intercâmbio de práticas agroecologias no município de Camamu, litoral sul da Bahia, com a participação de 13 agricultoras e agricultores integrantes do projeto.

Foram visitadas as comunidades de Quilombo Barroso e Santo André, onde agricultoras e agricultores puderam conhecer o trabalho realizado pelo SASOP, organização parceira do ELO, na área de produção agroecológica junto aos agricultores familiares de Camamu. Leia mais

 

O Projeto Buracica Sustentável e Solidária promoveu em Alagoinhas, nos dias 8 e 9 de junho, o Encontro Regional de Comercialização na Agricultura Familiar, com o objetivo de apresentar algumas experiências de comercialização de produtos da agricultura familiar e de base agroecológica na Bahia. A ação reuniu um total de 31 pessoas, dentre elas as agricultoras e agricultores integrantes do projeto e representantes de cooperativas de agricultores da região, como a Coofasa, a Cooperativa de Araças, Coopera e a Coopama. Leia mais

 

No dia 7 de março foi realizada a Assembleia Anual do ELO. Na oportunidade foram apresentados os Relatórios de Atividades e Financeiro relativos à 2014, bem como o Plano de Trabalho 2015, ambos aprovados por unanimidade pelos presentes. A ocasião foi marcada pela renovação do corpo diretivo para o biênio de 2015/2017. A ocasião foi marcada pela renovação do corpo diretivo para o biênio de 2015/2017, sendo eleitos para Diretoria, Júlia Taís Campos Ribeiro de Oliveira, para Coordenação Geral,  Gabriel Kraychete Sobrinho, para Tesoureiro, Eliana Bellini Rolemberg para Secretária, e Luana Vilutis, como suplenteLeia mais


Assembleia do Elo 2015 

 

À Presidenta Dilma Rousseff,

Ficamos surpresos com o convite para esta reunião. Imaginamos que também esteja surpresa com o que vem acontecendo no país nas últimas semanas.

Esse gesto de diálogo que parte do governo federal destoa do tratamento aos movimentos sociais que tem marcado a política desta gestão. Parece que as revoltas que se espalham pelas cidades do Brasil desde o dia seis de junho tem quebrado velhas catracas e aberto novos caminhos. Leia mais

 

Saúdo as manifestações, pois a rua é e sempre será o berço da democracia. Na história, é na rua que se gestam as lutas que acabam não só atingindo o centro político, mas alternando a arena e a agenda da luta, obrigando a todos os sujeitos políticos a fazer uma profunda revisão de suas propostas e práticas. Nada melhor para a democracia do que avenidas e ruas tomadas por manifestações cidadãs. Está aí a prova de que a rua institui de fato agenda pública. Leia mais

 

Pressionado por dois meses de enfrentamento e resistência dos indígenas Munduruku, o governo federal suspendeu as pesquisas da região do rio Tapajós para a construção de hidrelétricas. O anúncio foi feito durante reunião em praça pública no final da tarde deste domingo, 23, em Jacareacanga, extremo oeste do Pará. Os pesquisadores que estavam em área indígena deixaram a cidade. “A Funai e o governo federal como um todo está suspendendo qualquer pesquisa que estiver sendo feita aqui na região de vocês”, afirmou a assessora da presidência da Fundação Nacional do Índio Lucia Alberg. Leia mais

Com a finalidade de abrir novas possibilidades de comercialização e renda para as famílias das comunidades de Boa União, Acampamento Oziel Alves e Cangula, em Alagoinhas; Sesmaria, em Itanagra; Mato Limpo, Gaioso e Chapada, em Araçás; Colônias Boa Vista e Boa Sorte, em Biritinga e Assentamentos Malombê, Nova Luzitânia, Novo Horizonte e Boa Vista III, em Esplanada, o Projeto Conviver, da Petrobras/UO-BA, realizou um ciclo de cursos de beneficiamento de frutas nessas localidades. Leia mais

Projeto

projeto conviver

O ELO – Ligação e Organização é filiada à ABONG.

RSS Feed

Conteúdo sindicalizado

Quem está on line?

No momento há 0 usuários e 0 visitantes online.